Lua Turino

Filha de Thereza Dantas e Célio Turino, nasci em Campinas e me permito conhecer novas possibilidades de quem sou. Minha espiritualidade foi acordada pela Mãe Terra, através da conexão intuitiva com os cristais, pedras e gemas. A partir dessa curiosidade e sabedoria natural, me re-descubro e reconheço.

Sou da Tribo do Berço pela Formação Holística de Base para Jovens na UNIPAZ-DF, onde tive meus primeiros contatos com conhecimentos ancestrais e naturais, como: rodas de fogueira, contatos com os seres árvores e terapias integrativas. Esta formação despertou em mim as possibilidades para co-criar uma cultura de paz.

As oportunidades da vida, durante uma Lua Cheia, me colocou em contato com a Teia de Thea, em Brasília. Em círculo com mulheres, vivenciei danças circulares, honrei os plenilúnios e os ciclos das estações do ano.

Sustentada pela energia das pedras, que protegem meu caminhar, me entreguei às cerimônias ancestrais do Caminho Vermelho e às cerimônias de pajelança dos Kariri-Xocó. Me senti completamente acolhida pelo espírito das medicinas e reencontrei meu caminho para o centro, espiralando de volta ao coração.

Fortalecida por esse centro, entrei em período sabático e realizei peregrinações para a Chapada dos Veadeiros e a Chapada Diamantina. Nessas viagens tive um contato profundo com o que sou, desenvolvendo auto-confiança, auto-percepção e a compreensão que a construção dos meus sonhos partem de mim mesma.

Fora do meu padrão habitual, estava aberta às possibilidades da vida. Essas possibilidades me trouxeram um fruto muito importante para o meu caminhar. Uma companheira felina, que amei acima do que poderia imaginar ser possível amar. Com ela aprendi a ser eu mesma e a respeitar os espaços alheios. Desenvolvi meu senso de auto-responsabilidade e a responsabilidade pelo cuidar do outro.

Os ventos sopraram em uma nova direção. A vontade de silenciar se fez presente em meu ser e, aproveitando essa abertura, me iniciei como yogini Vipassana no Dhamma Santi – RJ. Através do Budismo me libertei de comportamentos que me eram nocivos, e me liberto ainda hoje. Anualmente participo dos cursos Vipassana com serviço voluntário e praticante.

Durante um dos Vipassanas em que pratiquei, peguei uma conjuntivite muito forte. A cura para essa conjuntivite veio através de uma compressa feita com camomila.

Essa cura despertou minha vontade para conhecer melhor o reino das plantas, que me trouxe o Druidismo e a ginecologia natural. As plantas fazem parte direta do meu cotidiano através de jardins, chás, compressas, vaporizações uterinas, etc…

O Druidismo veio para mim como uma forma de reverenciar aos ancestrais, de nossa terra e do nosso sangue. Mais do que uma religião dogmática, o druidismo me desperta para o ato de honrar a minha história e me alinhar ao fluxo criativo da AWEN.

Como forma de expressar a AWEN busquei alternativas para uma vida co-criada junto à natureza dentro da rotina urbana. Para canalizar essa expressão, cursei o PDC (Permaculture Design Coursen pelo coletivo permasampa), onde absorvi técnicas permaculturais e possibilidades de uma cultura de cooperação entre os elementos que formam a vida.

Como reflexo dos ciclos harmoniosos da terra, sob a luz ascendida do druidismo e os estudos permaculturais, reconhecendo o macro e micro universo e sintonizada aos ciclos da lua. Iniciei meus estudos com objetivo de despertar a sacralidade feminina e equilibrar os pólos femininos e masculinos dentro e fora de mim.

Para ancorar e canalizar cura para a energia feminina planetária, me tornei Moon Mother iniciada por Miranda Gray. E com um foco voltado para a plena compreensão da inteireza em ser mulher, harmonização de desequilíbrios femininos e integração do ciclo hormonal, me tornei Terapeuta Menstrual pela Red de Terapeutas Mestruales MadreTierra de Zulma Moreyra.

Sou iniciada pela Abuela chilena Roquita Araya, como Sahumadora a tradição mexica das defumadoras. O Sahumador é uma ferramenta ancestral de cura e purificação áurica e energética de ambientes. Estudo com Lalita Madhava, e aprofundo meus conhecimentos como Guardiã de Círculos pela Rede Guardianas de la Madre Tierra,

Atualmente curso Comunicação em Artes do Corpo, com ênfase em psicologia corporal e arteterapia pela PUC–SP. Busco com essa formação acadêmica um conhecimento estruturado que me permita trabalhar com as pessoas de forma integral, abrangendo seus estados inconscientes, liberação de emoções retidas em seus corpos (couraças) com práticas bioenergéticas, relaxamento consciente e linguagem semiótica para o desenvolvimento do ser.

WordPress.com.

Acima ↑